Buscar
  • TERA Engenharia

Internet das Coisas

A internet das coisas ou IOT(internet of things) é um conceito que se refere aos objetos físicos que conseguem se conectar a rede e possuem a capacidade de sensoriamento para captação e envio de dados do seu desempenho, do ambiente e dos usuários que interagem com o sistema através da interface de comando.

O IOT é um passo além da automação, pois enquanto na automação apenas enviamos os comandos, no IOT podemos além de enviar os comando, receber os dados sobre o desempenho do objeto comandado e usar estes dados para ter uma melhor performance de uso para qualquer que seja o aparelho.

Nos dias de hoje podemos observar o uso de IOT em domótica por exemplo. Usando dados, objetos físicos e virtuais trabalhando em conjunto, mas sem perder suas características de operação individuais de gerar dados, que serão utilizados para construir um processo cada vez mais inteligente. Assim pode-se por exemplo um sensor de temperatura instalado em determinado local, coletar a informação da temperatura ambiente e enviar ao aparelho de ar condicionado para que este ligue,e o ar condicionado enviar a informação de que está ligado para que janelas automatizadas se fechem.

A internet das coisas também é a estrela na chamada indústria 4.0, juntamente com o big data e o machine learning. No cenário industrial, os processos tornam-se cada vez mais eficientes utilizando o IOT, já que os fabricantes podem receber os dados dos seus equipamentos para ter insights e enviar de volta esses dados alterando as operações, ordens e configurações tudo de forma remota para que as operações possam ser ajustadas automaticamente e em tempo real.

Muitas empresas ainda estão começando a implantação dessa tecnologia, já que ela requer muito financeiramente e operacionalmente, mas por outro lado, as que já estão utilizando mostram resultados incríveis, principalmente em progressões verticais como o consumo de energia inteligente, otimização da cadeia de suprimento em tempo real, monitoramento e controle remotos, gestão de qualidade digital, gerenciamento de desempenho e manutenção preditiva.

Essas implementações resultam no aumento da competitividade da empresa e assim também está ligada ao modelo de negócio. Aqueles que na hora da implementação tinham um foco no negócio e não na tecnologia pela tecnologia, mostraram resultados substancialmente melhores. A maior parte dos fabricantes bem sucedidos priorizaram aplicações específica da indústria 4.0 em seus processos de negócio.

A internet das coisas veio para ficar e transformar o mundo como conhecemos hoje, além de aplicações em domótica e manufatura existem diversas outras aplicações que podem facilitar e melhorar a vida das pessoas, como carros inteligentes, automação no varejo, agricultura, transporte e até smart cities.

Fontes:

https://www.neocontrol.com.br/news/o-que-e-internet-das-coisas/

https://www.novida.com.br/industria/internet-das-coisas-prove-avancos-na-automacao-da-manufatura/

Autor: Guilherme Rufino





39 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo