Buscar

Apagões, como nascem esses fenômenos

Contando com cerca de 10 mil usinas geradoras conectadas ao sistema elétrico nacional, não é razoável queixar-se que o Brasil tenha uma matriz energética monótona. A escassez em uma fonte pode ser abatida pelas demais formas de geração disponíveis, embora os devidos encargos fatalmente despenquem sobre o consumidor.

Ao todo, cerca de 179 mil Megawatts, registrados pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) estão instalados nacionalmente para abastecer o país, sinal de que aprendemos a lição com os apertos no começo deste século. Atualmente a tarifa pode até aumentar em determinados períodos, mas o racionamento, vive apenas em nossas memórias.


Mas e os apagões, foram resolvidos?


Aqueles causados por insuficiência de geração até estão bem controlados, mas a geração não é a única via de gerar um “blecaute” que Infelizmente ainda assombra muita gente. Este incômodo, para um quarteirão ou até dezenas de milhões de brasileiros, é plenamente capaz de ferir toda a estrutura da sociedade seja no transporte, saúde, educação ou segurança.

Mas se a matriz elétrica possui capacidade de suprimir a demanda, o que explicaria o fato de ocasionalmente os estabelecimentos serem forçados a adiantar o fim do expediente? Não é preciso pensar muito para identificar onde está a fragilidade, o sistema de distribuição de energia, este sim frequentemente está exposto, tanto é que existem alguns vilões bem conhecidos;


Ventanias

Rajadas de vento muito fortes são sinais de que a distribuição de energia possa enfrentar empecilhos. Não só são capazes de balançar os cabos da rede, mas eventualmente podem derrubar árvores sobre a linha causando a interrupção da transmissão regional. Felizmente a maior parte das torres de alta tensão são projetadas para resistirem às tempestades em solo nacional.


Raios

Assim como o anterior, esse fenômeno da natureza pode atingir um transformador de distribuição, e danificar sistema embutido usado para adequar a energia ao nosso consumo. Há também casos mais extremos, descargas atmosféricas superiores aos 100kA são capazes de danificar linhas de distribuição em extra alta tensão, porém a proteção presente nestas tornam esses incidentes raros.


Falha na comunicação no sistema

O controle da rede de distribuição de energia elétrica é feito não só nos centros de geração, mas também nas subestações posicionadas estrategicamente ao longo da rede. A falta de comunicação entre os operadores pode comprometer a integridade da rede e também levar à interrupção da distribuição.


Falhas dos componentes e da proteção

A perda de um componente na rede gera um efeito em cascata sobre as demais instalações presentes, ocasionando sobrecarga nas demais linhas para as quais o excedente é mandado. A falha pode ter origem variada, oxidação, rompimento da isolação, contato externo, entre outras, mas uma coisa é certa, para tudo há uma vida útil, e não seria diferente para os equipamentos elétricos.



O prejuízo pode ser maior do que algumas horas perdidas


No geral, sozinha, a falta de energia já é uma preocupação e os fenômenos que a ocasionam são os mesmos que colocam em xeque a integridade da instalação elétrica e dos dispositivos conectados a ela. Não são raros casos de equipamentos danificados, não propriamente ocasionados pela falta de fornecimento de energia, mas devido as anomalias causadas na rede.



Há como se prevenir?


Devido às possíveis origens do problema não são fáceis as maneiras de se driblar um “blecaute”, equipamentos como Nobreaks e geradores fornecem soluções temporárias, mas nem sempre baratas para grande parte dos consumidores.

Um consumidor precavido sabe que por mais confiável que seja a geração de energia não está imune as surpresas contidas no uso da eletricidade, logo ter uma instalação segura e confiável com planejamento profissional integrada ao seu imóvel é tão primordial para a segurança deste, quanto a manutenção preventiva da rede elétrica é para o conforto da sociedade.


https://www.aneel.gov.br/dados/geracao

https://www.dcml.com.br/blog/apagoes-no-brasil/



12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo