Buscar

A INTERNET DAS COISAS E A SUA IMPORTÂNCIA NO MUNDO ATUAL


“Às 7 da manhã de uma segunda-feira, Mary Smith acorda depois que seu pijama envia um leve alerta sensorial para sua pele. Uns poucos minutos depois, ela sai da cama, entra no chuveiro equipado com um sensor que liga automaticamente a água na temperatura exata que ela deseja. O chuveiro está conectado a um aquecedor de água inteligente que conhece os padrões de banho e ajusta a temperatura em conformidade. (..) Conforme Mary caminha de um cômodo para outro, as luzes acendem e apagam automaticamente. (...) Quando Mary, uma médica, vai trabalhar em um hospital local, ela verifica seu smartphone antes de sair para pegar quaisquer alertas de trânsito. Com essas informações em mãos, ela pode tocar em uma rota preferida ou deixar o veículo ajustar automaticamente a rota para navegar nas condições de tráfego atuais. Como ela tem um veículo autônomo que não requer nenhuma intervenção no trajeto de 12 milhas para o trabalho, ela normalmente ouve o sistema do computador do carro, lê seus e-mails e mensagens de texto. (...) Também é possível rastrear suprimentos de sangue e outros itens essenciais em tempo real e antecipar quando há necessidade de fazer um pedido. (...) Obviamente, esse cenário não abrange todos os aspectos possíveis da Internet das Coisas. Mary provavelmente pode ter que lidar com aborrecimentos e problemas, como configurações de privacidade e possíveis fraudes em seu sistema de pagamento eletrônico. Mas suas vidas certamente serão muito diferentes do nosso hoje. Os sistemas tecnológicos serão integrados de forma mais profunda e ampla em sua existência diária.”


Essa situação criada por Samuel Greengard em seu livro “Internet of Things”, mostra, hipoteticamente, como seria o dia a dia de uma pessoa em 2025 com todo o recurso que o avanço tecnológico pode oferecer. Embora seja um contexto do futuro, é inegável que todo esse contexto não é destoante da realidade; temos tecnologia para utilizar sensores que podem ligar ou desligar a partir de uma inteligência artificial, além disso, alerta de trânsito está presente em aplicativos que utilizam Geolocalização, ainda que não estejam aprimorados. Além disso, a Tesla fabrica carros autônomos que por meio da inteligência artificial e conexão com servidores da nuvem, os seus carros podem fazer o seu percurso de acordo com os desejos do passageiro.

Além disso, o uso da internet não fica restrito a servidores de navegação de Web e se destaca para sua falta de limitação nas suas áreas de atuação. A medicina, os comércios, e o próprio ambiente de trabalho (feito a distância), foram privilegiados com todo o processo provido pela internet e conectividade.


O que é a Internet das Coisas


O conceito de Internet das Coisas é muito amplo, normalmente é definido por ser a capacidade de um objeto conseguir ter conexão com a internet e dessa forma executar ou coletar dados com a nuvem, podendo ser conectado por redes 4G, 5G, bluetooth ou Wifi.


Conceitos como esse sempre vem atrelado a ideia de automação de processos e equipamentos, e também da inteligência artificial que é sempre presente no dia a dia.

Além disso, IoT (Internet das Coisas) pode ser definido como uma fusão do “mundo real” com o “mundo digital”, possibilitando a dependência do individuo sobre os aplicativos que a internet disponibiliza.

Iot no Dia a Dia


Desde a Terceira Revolução Industrial (meados do século XX), o mundo passou por muitas mudanças que alteraram o dia a dia das pessoas, tendo como destaque o avanço na robótica, nas indústrias metalúrgicas e de automóveis. Atualmente estamos na Quarta Revolução Industrial que consiste no avanço da informática e robótica e com o passar de duas décadas atrás, verificamos um avanço impactante no desenvolvimento de computadores, celulares, automóveis e na telecomunicação.


Um dos principais impactos feitos pelo avanço tecnológico e internet é a democratização da internet e comunicação. Segundo a pesquisa do FGVcia, o Brasil possui 440 milhões de dispositivos digitais em uso, sendo assim próximo ao dobro da população brasileira. Mesmo que não sejam todos que possuem acesso a internet, esse dado é muito importante para comparar com tempos passados,


O fato da maioria da população ter acesso a dispositivos, como smartphones e computadores, é um grande sucesso para que haja a inclusão digital e dessa forma, a tecnologia se torna acessível à população, diferente do que acontecia no século passado.


Por consequência, a dependência dos meios de comunicação é notável quando se analisa o comportamento da população contemporânea. Para o uso no trabalho à distância, o uso da internet para comunicação com os colaboradores é muito importante para alcançar as metas definidas pela empresa. Além disso a publicidade e marketing são feitas por Redes Sociais que são responsáveis pela venda de entretenimento para o usuário, além de que as Redes Sociais fazem o papel de serem fontes de informação e de opiniões para a população e então se torna o meio de comunicação mais essencial da sociedade atual.


Iot na Saúde


Ao falar sobre a influência da internet e da tecnologia, é necessário mencionar que no âmbito da saúde houve um grande impacto positivo no atual contexto em que vivemos. Um exemplo disso é o uso de Big Data na medicina para a melhoria na assistência técnica, no aumento da habilidade analítica, na cura de doenças, criação de perfis de pacientes, melhorar na qualidade de vida, evitar mortes que são evitáveis, construir melhores modelos de prevenção e reduzir o desperdício de recursos. O uso de Big Data gera mudanças por trás dos modelos de tratamento. Assim, com esse tipo de tecnologia podemos entender mais sobre os pacientes, ser informados sobre suas vidas o quanto antes, coletar sinais de alerta de doenças graves em estágio inicial para um tratamento mais rápido e barato.


A análise de big data na área médica garante que até os menores detalhes sejam levados em consideração. Segundo Hassanien em seu livro “Medical Big Data and internet of medical things”, ele dá o exemplo sobre como o câncer pode ser prevenido e curado com a ajuda da análise de big data. “O câncer rapidamente devasta indivíduos em todo o mundo. Big data pode ajudar a combater esta doença de forma ainda mais viável. Os fornecedores de serviços de saúde terão uma capacidade aprimorada para reconhecer e analisar infecções em seus estágios iniciais, selecionando tratamentos mais adequados em vista da composição genética de um paciente e direcionando protocolos de medicação para limitar os sintomas e aumentar a viabilidade.” (Hassanien - 2018).


TERA ENGENHARIA


Ao fazer o estudo sobre a internet das coisas e todo o recurso que ela pode entregar para todos os seres humanos a gente percebe o quanto ela é necessária e o quanto nós devemos discutir sobre esse tema para ficarmos atualizados sobre os avanços tecnológicos. A Tera Engenharia é reconhecida por fazer projetos elétricos e fotovoltaicos, mas fazemos projetos de automação para estarmos de frente a frente com a mudança, afinal falar sobre Internet das Coisas é falar sobre o presente. Entre e faça um orçamento de projeto de automação!



Fontes:


Greengard, Samuel. The internet of things. MIT press, 2015.


Hassanien, Aboul Ella, Nilanjan Dey, and Surekha Borra, eds. Medical Big Data and internet of medical things: Advances, challenges and applications. CRC Press, 2018.


Meirelles, Fernando. Resultados da Pesquisa Anual de Uso de TI. 32ª Edição, 2021


https://www.istoedinheiro.com.br/dispositivos-digitais/


https://www.tecmundo.com.br/internet-das-coisas/113677-brasil-preparado-receber-internet-coisas.htm




33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo